Divórcio: Separação de bens ou de dívidas? Diversos

Conheço um rapaz que está se separando. Cinco anos de casado e já não estava mais se dando bem com a mulher. Agora decidiram o divórcio. A questão é: os bens. No casamento ganharam a maior parte dos móveis dos padrinhos. O que faltou, compraram juntos em prestações. A casa ficou uma maravilha. Mas agora esta sendo motivo de briga. A moça diz que tudo é dela, pois seu pai bancou metade do casamento. O rapaz contra- argumenta dizendo que o ex-sogro bancou a festa, mas quem pagou a mobília que faltava foi ele. Até hoje estão discutindo por causa de sofá e geladeira.

Ah! Semana passada fui numa palestra que pregava que em caso de fim de casamento é preciso compreensão. Ou seja, se a moça não precisa tanto dos bens como o rapaz, que ela doe a ele e vice-versa. O importante é entrar num acordo. A lógica é que, se aconteceu casamento é porque se amavam. Ninguém deseja o mal a alguém que um dia já amou. Contei sobre a palestra a esse rapaz. Ele ficou louco, porém aceitou a ideia: decidiu ceder os móveis para a ex- mulher.  Achei estranha a rapidez!

Pensei que tinham se resolvido quando recebo uma ligação inesperada  em casa:

-Por que você deu essa ideia maluca a ele? Não adiantou nada. Ele me deu os móveis, mas também os boletos para eu pagar as milésimas prestações que fizemos na hora de comprar. Agora estou cheia de contas!

 Claro que quando contei da palestra para meu colega, não pensei que ele fosse doar as dívidas. Enfim: nadaram, nadaram e morreram na praia. Quer ter os móveis? Tenha! Porém vai ter que pagar o pato. Agora a moça está endividada. Ele não tem dívidas, mas não tem móveis. Os dois estão sozinhos e encurralados.

Por isso digo: felicidade é amar. Se for casar, melhor pensar bem antes de se afundar em gastos. Ou comprar a vista para não ficar pagando depois? Não sei! Mas vai um conselho: é bom comprar duas TVS, no mínimo! Em caso de separação, cada um terá sua. Para ver minhas novelas, óbvio. Hehe.

Já que não consigo evitar as separações, pelo menos vendo meu peixe!

 

divórcio walcyr

Comments

comments


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *