Como se safar em um primeiro encontro Diversos

Ele esperava ansioso. Conquistara um gato no aplicativo de paquera gay. Trocou de camiseta. Botou perfume. Ouviu a campainha tocar. Abriu. Era o outro, mais gato ainda que no aplicativo. Recebeu um olhar de avaliação. O visitante disparou:

– Desculpe, mas você não é nada do que eu pensava.

Virou as costas e foi. Verdade seja dita: o conquistador ansioso usara uma foto de cinco anos e de 20 quilos antes. Mesmo assim, foi bruto! Com os aplicativos e redes sociais, o primeiro encontro transformou-se em uma situação às vezes muito, muito difícil.

Assisti a uma pesquisa com um grupo de mulheres em torno de 30 anos. A certa altura, uma disse:

– Prefiro conhecer alguém pela internet. Dá para fazer todas as perguntas antes do primeiro encontro.

O número de conexões íntimas por redes sociais cresce. Nem sempre o outro lado diz a verdade, e às vezes a mentira compensa. Tive uma amiga que aos 30 começou a interagir pela internet com alguém que supunha ser de sua idade. Ao longo do contato virtual, ele indicou ser um pouquinho mais velho. No primeiro encontro, ela deparou com um senhor de mais de 50. Estão juntos e tiveram um filho. Ela sustenta a casa, porque ele vive desempregado. Mas nem todos se dispõem a abrir a guarda como essa amiga. O que fazer quando, no primeiro encontro, em vez da alma gêmea surge uma aparição assustadora?

O primeiro truque é óbvio. Você diz que vai de vermelho e veste azul. Confere de longe. Só que a outra pessoa pode lançar mão do mesmo estratagema. E mais: pelo seu jeito, descobre que é você a pessoa esperada. E se for uma decepção? É difícil ser bruto como o rapaz de que tratei no início. Nessas situações, muitas mulheres fazem sexo por educação. Homens também. Confesso: já fiz sexo por educação. Respirando fundo, fechando os olhos e criando algumas fantasias, rola. O ideal, porém, é safar-se com gentileza. Já adotei a seguinte estratégia.

– Acabo de sair do dentista. Mas não quis desmarcar porque este é nosso primeiro encontro.

Recebo um amplo sorriso de volta. Felicidade pura. Sinto o mau hálito.

– Só que o dentista avisou: não posso nem beijar.

– Não?

A boca se abre de decepção. Mais mau hálito.

– Nem jantar?

– Não consigo mastigar. Marcamos outro dia!

Recebo afetuosos olhares de compreensão enquanto fujo. Outra equivalente é botar alguém da família no hospital. Apesar de muito usada, é excelente se você se arriscou a jantar na casa alheia. Você entra, vê a mesa preparada com dois pratinhos. Uma flor no centro. Sente o aroma vindo da cozinha. E percebe o aparelho metálico que ela traz na boca. Achei terrível beijar alguém de aparelho, mais ou menos como morder um garfo. O jeito é suspirar, dar um abraço forte e mandar, com voz suplicante.

– Você vai me desculpar, mas vim só dar um abraço.

– Ahn? Eu fiz um prato francês…

Assumo um ar desolado.

– Eu sei, mas só vim porque é nosso primeiro encontro. Ocorre que minha mãe foi hospitalizada, está na UTI.

– Mãe? Na internet você me disse que sua mãe já morreu.

– É uma tia que chamo de mãe, você sabe como são essas coisas. Estou arrasado. Sei que estou magoando você, mas…

Deixo escorrer uma lágrima. Apertando bem os olhos, a gente consegue.

– Não, não… se é alguém tão importante… vou com você para o hospital.

– Não! Titia… mamãe… está na UTI. Só pode entrar de um em um. Seria inútil você ir.

– Ligo amanhã para saber como ela está.

– Liga, liga…

O melhor é o golpe da paixão súbita. Você quer fugir, mas já está no sofá, envolvido em tentáculos. Então diz:

– Não dá, não posso continuar, assim de primeira.

– Que houve?

– Não vê? Você me atrai demais. Já me sinto envolvido. Não, não. Preciso ir mais devagar. Não quero quebrar a cara. Se a gente continuar agora, vou perder o chão. Você é… incrível. Preciso ir embora.

– Mas… mas…

– Tenho até medo do que estou sentindo!

Desço de elevador e entro no carro com a consciência tranquila. Mais tarde direi que tenho medo de me apaixonar tão perdidamente. O primeiro encontro não rolou. Mas deixei alguém muito feliz.

Publicado na Época

img_como_colocar_fundo_preto_nas_fotos_16171_orig

Comments

comments


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *